Powersites - hospedagem de sites

Conteúdo
Menu
Status da Rede
Visitas
Até o momento, recebemos
101538364
vizualizações de páginas (page views) desde Agosto de 2004


Alcatel-Lucent constrói sistema de cabos submarinos de 100G



A Alcatel-Lucent trabalha na construção do AMX-1, da América Móvil, primeiro sistema de cabos submarinos com 17.500 km projetado especificamente para a transmissão de 100 Gigabits por segundo (100G). Cobrindo distâncias transoceânicas, dos EUA à América Central e o Brasil, o Sistema AMX-1 permitirá conectividade internacional a todas as subsidiárias da companhia. A operação comercial da rede está planejada para ter início no final de 2013.

O Sistema AMX-1 conectará sete países com onze pontos de destino: Miami e Jacksonville (Estados Unidos), Barranquilla e Cartagena (Colômbia), Fortaleza, Salvador e Rio de Janeiro (Brasil), Puerto Plata (República Dominicana), Cancun (México), San Juan (Porto Rico) e Puerto Barrios (Guatemala). A rota dos cabos e o mapeamento dos terminais estão concluídos e a fabricação dos cabos e repetidores já está em andamento.

O projeto do Sistema AMX-1 está otimizado para a transmissão de 100G, com uma capacidade final de tronco de mais de 50 Tb/s, o que irá sustentar o crescimento contínuo de novas aplicações, tais como serviços de nuvem corporativa, entrega de serviços premium aos 256 milhões de assinantes sem fio da América Móvil e 62 milhões de linhas fixas, bem como irá aprimorar seus serviços de voz fixa, banda larga e TV paga.

A América Móvil declarou que a utilização do Sistema AMX-1 de 100G irá auxiliá-la a aumentar seu retorno sobre o investimento por meio da maximização do uso de seus ativos de cabo e da minimização dos custos de manutenção. A combinação exclusiva de inovação e experiência da Alcatel-Lucent permitirá que a América Móvil atinja os mais altos padrões de confiabilidade e continuidade de serviço para seus clientes.

“A tecnologia 100G tem um papel fundamental na escalabilidade, à medida que as operadoras buscam gerenciar sua expansão de largura de banda para satisfazer a crescente demanda por serviços de conteúdo de alta qualidade, e na abordagem de novas aplicações tais como as necessidades de interconexão de centrais de dados”, disse Philippe Dumont, Presidente da Alcatel-Lucent Submarine Networks. “Como líder em tecnologia avançada coerente, a tecnologia de 100G da Alcatel-Lucent para sistemas de cabos submarinos estabelece um novo parâmetro de fornecimento eficiente de sistemas de alta capacidade e de atualizações contínuas de sistemas”.

A primeira vez em que a Alcatel-Lucent demonstrou a transmissão de 100G em distâncias transoceânicas foi em 2009, atingindo resultados recordes. A Alcatel-Lucent entregará o projeto que inclui a operação e a manutenção do Sistema AMX-1. O Sistema AMX-1 irá integrar o cabo otimizado OALC-4 da Alcatel-Lucent com a fibra submarina coerente (CSF), os repetidores, as unidades de ramificação e o terminal de linha submarina da Light Manager (LM) 1620 equipado com a avançada tecnologia coerente, oferecendo a flexibilidade única do Multiplexador Óptico (Optical Add and Drop - OADM) para incrementar a conectividade direta do Sistema AMX-1 com os países das Américas. Além disso, o 1620 LM da Alcatel-Lucent foi projetado para suportar comprimentos de onda de 10G/40G/100G sobre a mesma plataforma, permitindo um aumento de capacidade sobre a separação flexível de canais sem interrupção de tráfego.

A manutenção será realizada com base no Acordo Privado de Manutenção Atlântico (Atlantic Private Maintenance Agreement - APMA) que, atualmente, mantém mais de 100.000 km de infraestrutura crítica de cabos submarinos no Oceano Atlântico. Como parte dos serviços oferecidos, a Alcatel-Lucent irá, ainda, lançar um programa de conscientização melhorada dos cabos para assegurar a colaboração na proteção do cabo pelas autoridades marítimas e portuárias, os organismos de pesca e outros usuários do fundo do mar.

Fonte: Telesíntese



Postado em Sábado, fevereiro 02 @ 12:32:25 BRST por mosqueteirors
 
Links relacionados
Classificação de notícias
Votar: 0
Votos: 0

Por favor, dedique um segundo de seu tempo para votar nesta notícia:

Excelente
Muito bom
Bom
Regular
Péssimo

Opções
 
Tópicos relacionados

Telecom